sexta-feira, 24 de maio de 2013

KULTURA, e o caraças (253)

"A Paisagem Metafísica com Portões de Ferro".

Miniatura pintada a acrílico sobre madeira preparada. 2013.

Vi hoje a revista GRANTA. Vi, não li. Ou melhor, li mas não li muita coisa. Apenas umas linhas da primeira página à laia de me introduzir na revista. E lá fiquei na primeira página até ao fim do artigo (editorial), a pensar que revista tem pinta do ponto de vista gráfico; parece um livro, mas é uma revista. Engana. Mas só durante os primeiros minutos. Depois uma pessoa desengana-se e volta ao seu mundo. Foi o que me aconteceu, voltei ao sítio de onde tinha descido. Sabem, estava à espera de umas lâmpadas que haveriam de chegar da Bélgica, através de uma empresa que vende lâmpadas para os lados de Sintra. Uma caixa de luzinhas que serve para iluminar a Broadway, tal é a potência delas. Como as lâmpadas não chegavam encontrei no fim da GRANTA o Walter Hugo Mãe todo nu. Bom, é um tipo cheio de pêlos no corpo com cara de Walter Hugo Mãe todo nu. Felizmente as lâmpadas chegaram e fui para casa com o pacote debaixo do braço.

Sem comentários: