domingo, 29 de julho de 2012

202


O banco de jardim das bananas

 

 

4 comentários:

Anónimo disse...

Dois homens foram presos na noite com 24 bananas de dinamite.
Nairobi fica à distância. Na linguagem corrente a medida separada de dois pontos visa permitir o que faz a notícia de que o governo federal fez homenagem aos deuses gregos.
Governados por Cronos, sem contacto com os vivos, no espaço aliado da tradição, os navios envelhecem. É durante a viagem que o envelhecimento é mais veloz e os sonhos e desejos ficam esquecidos. Ao domingo, como bananas no convés do tempo enquanto olho a linha curva do horizonte.
HMS ANM

José Miguel Gervásio disse...

Ora bem.

Anónimo disse...

Ora bem! Disse o doutor, chega de discursos imperceptíveis.
Parte-se da premissa segundo a qual, só se chega ao discurso quando se vai direito ao assunto.
Semanalmente o doutor fala sobre os mais diversos temas e tramas e começa por dividir a exposição do texto em duas vozes.
Dr

José Miguel Gervásio disse...

A primeira voz interpela a segunda. A segunda responde como se soubesse o que vai a primeira dizer. É mais ou menos assim. Não sei explicar de outra maneira.