segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

158

 Sentado como um gato de pé que confiava no seu apurado sentido de prever as coisas do mundo que ainda não tinham acontecido, eis a visão.

 

Sem comentários: